Manifesto pela Defesa da Democracia, dos Direitos Humanos e da Vida

O Conselho Diretor da Federação Psicanalítica da América Latina – FEPAL expressa e declara, mais uma vez, a sua preocupação com os graves eventos que vêm ocorrendo em vários países de nossa região e que resultam em um grave atentado contra a liberdade e a vida em democracia. Agravados, ainda, pela escalada exponencial da COVID-19 na América Latina, causando uma crise sanitária e social sem precedentes na nossa história. Salientamos o Informe da OMS, no site da organização:

Hasta el 25 de mayo, se han reportado más de 2,4 millones de casos y más de 143,000 muertes debido a COVID-19 en las Américas.Mientras los casos globales superaron los 5 millones la semana pasada, América Latina superó a Europa y a Estados Unidos en el número diario reportado de infecciones por coronavirus, números que sospechamos son incluso más altos de lo que sabemos. Dos de los tres países con el mayor número de casos reportados se encuentran ahora en las Américas. No hay duda: nuestra región se ha convertido en el epicentro de la pandemia de COVID-19.

A desigualdade social acrescida do abandono de alguns governos que sugerem práticas que contrariam as recomendações científicas e são alheias aos preceitos democráticos, ferem o direito à vida, à igualdade de condições e tratamento adequado. Crises políticas, promovidas pela postura de alguns governos frente à situação sanitária e socioeconômica que atravessamos, alimentam o espectro mortífero que ronda esta pandemia com caráter avassalador no campo social, científico, cultural e econômico, ao priorizar o interesse econômico do lucro em detrimento do sanitário e da saúde da população.

As Sociedades Psicanalíticas componentes de FEPAL estão reunindo esforços e mantendo o cuidado nos atendimentos online gratuitos e com vários trabalhos sociais junto às comunidades e projetos culturais. Valorizamos estas iniciativas criadoras de um ambiente de acolhimento e escuta do sofrimento psíquico, fundamentais para transitarmos pelas dificuldades da pandemia e das consequências do isolamento social. A psicanálise, mais uma vez, se mostra em sua riqueza instrumental para pensar e abordar com múltiplas ferramentas que se afastam de nossa prática tradicional e nos impulsionam a enriquecer uma práxis renovada, sempre atenta a ouvir o sofrimento e liberar o ser humano de suas ataduras e restituí-lo em sua qualidade de sujeito do desejo.

A FEPAL se solidariza com a manifestação pública da Federação Brasileira de Psicanálise – FEBRAPSI, no recente Manifesto pela Democracia, de 26 de maio de 2020, como também com o Manifesto pela Democracia da Associação Brasileira de Candidatos – ABC, e com todos os países da América Latina no tocante à preservação dos Direitos Humanos, dos valores éticos, da defesa da democracia no nosso continente e do avanço do processo civilizatório.

As manifestações da maldade e do obscurantismo exercidas pelo poder ofensivo encontrarão resistência onde for plantada a semente da liberdade, da verdade e da ética psicanalítica.    

Conselho Diretor FEPAL

Sociedad Iberoaméricana de Salud Mental en Internet

Código de Ética de SISMI

Federación Psicoanalítica de América Latina.
Está en conformidad con el Código de Ética de SISMI
Nº de Acreditación: 54079 | Fecha de Acreditación: 2 de Septiembre de 2011

SEDE PERMANENTE

LUIS B. CAVIA 2640 APTO. 603
MONTEVIDEO 11300, URUGUAY
INFO@FEPAL.ORG
TEL. / FAX: (598 2) 707 5026
WhatsApp: +598 92 19 19 99

Leia Mais
Conferência do Dr. Gonzalo Aguilar
X