ILAP: novas autoridades. Novos projetos

Na Assembléia Geral Ordinária da FEPAL, realizada remotamente em 25 de setembro de 2021, o presidente da FEPAL em seu relatório anual, dando seguimento ao que foi relatado no último Conselho de Presidentes, informou que foi formada a nova diretoria do Instituto Latino-Americano de Psicanálise (ILAP).

Seguindo as diretrizes estabelecidas pela comissão de avaliação ad hoc, praticamente todo o conselho teve que ser renovado; assim, Virginia Ungar e Sergio Nick como representantes da IPA, juntamente com Andrés Gaitán e Dalia Guzik em nome da FEPAL, decidiram nomear para o cargo de Diretor do ILAP, uma pessoa que já tinha experiência com ele, procurando garantir a continuidade do trabalho.

Para a seleção dos outros membros, foi decidido esperar até que a nova presidente e vice-presidente da IPA, Harriet Wolfe e Adriana Prengler, respectivamente, assumissem o cargo, já que elas ocuparão seus cargos ao mesmo tempo em que esta nova diretoria do Instituto Latino-Americano de Psicanálise.

Finalmente, em 9 de setembro, a nova diretoria foi formada da seguinte forma:

Diretora Geral: Susana Balparda, região Sul (APU – Uruguai)

Diretora de Seminários: Margareta Hargitay, região Norte (ASOVEP – Venezuela)

Diretora de Admissões e Treinamento: Helena Surreaux, região Centro (SBPPA – Brasil)

Diretora de Pesquisa e Acompanhamento: Regina Elisabeth Lordello Coimbra, região Centro (SBPSP – Brasil)

Diretor de Divulgação e Divulgação: Eduardo Kopelman, região Sul (APC – Argentina).

Com base nas sugestões da comissão ad hoc, a constituição original do Conselho de Administração foi devolvida à original, composta por 5 psicanalistas: um diretor geral e quatro diretores de área: dois para treinamento, um para divulgação e um para pesquisa. O Conselho de Administração, durante seu mandato, pode nomear pessoas para auxiliar em sua gestão, por exemplo, secretários ligados a cada diretor, assessores, etc. 

A nova Diretoria do ILAP, assim formada, está construindo um modo de funcionamento do grupo de trabalho, tendo como objetivo o que deu origem à fundação do Instituto: levar a psicanálise aos países da América Latina onde não existem institutos IPA.

O plano do seminário fundador do ILAP foi revisto e discutido, e basicamente está sendo proposto voltar a ele.  Em 2022, dos 23 seminários que atualmente são necessários para completar o currículo, voltaremos a 18 seminários e de 8 reuniões por seminário aumentaremos para 16, aproveitando as possibilidades que a virtualidade e as novas plataformas que não existiam no início, para aprofundar o conteúdo de cada seminário, seguindo a regulamentação atual do IPA.

Iniciamos uma rodada de reuniões com todos os atores do ILAP, que é do interesse deste conselho continuar e manter, em uma tentativa de construir institucionalidade e pertença, apesar das distâncias geográficas. Começamos com os analistas estagiários, com os quais já foram realizadas duas reuniões. O novo plano de estudo foi discutido com eles, suas necessidades, dificuldades, propostas, etc. foram esclarecidas. E uma série de reuniões já estão programadas com os analistas estagiários em cada região, para saber mais sobre suas situações particulares.

Tivemos uma primeira reunião com os analistas e supervisores do Instituto e haverá uma próxima antes do final do ano.

Com o novo programa já avançado e discutido, nos próximos dias estaremos solicitando propostas de professores para que eles possam apresentar suas propostas para ministrar seminários no Instituto em 2022. Uma vez concluída a seleção dos professores, será realizada uma reunião com eles. Estamos afirmando a possibilidade de comunicação em espanhol e português, no espírito de promover uma maior participação de nossos colegas brasileiros no treinamento de analistas do ILAP.

Estamos trabalhando para dar uma resposta rápida às avaliações deixadas pendentes da administração anterior.

Junto com a diretoria da Fepal encontramos uma solução e conseguimos enviar os pagamentos pendentes dos analistas e diretores estagiários por transferência bancária para uma “subconta” da Fepal.

Esperamos contar com todos vocês como parceiros neste projeto com o qual estamos tão entusiasmados.

Carinhosamente

Helena Surreaux, Beth Coimbra, Margareta Hargitay, Eduardo Kopelman e Susana Balparda.

Traduzido com a versão gratuita do tradutor – www.DeepL.com/Translator

Sociedad Iberoaméricana de Salud Mental en Internet

Código de Ética de SISMI

Federación Psicoanalítica de América Latina.
Está en conformidad con el Código de Ética de SISMI
Nº de Acreditación: 54079 | Fecha de Acreditación: 2 de Septiembre de 2011

SEDE PERMANENTE

LUIS B. CAVIA 2640 APTO. 603
MONTEVIDEO 11300, URUGUAY
INFO@FEPAL.ORG
TEL. / FAX: (598 2) 707 5026
WhatsApp: +598 92 19 19 99

Leia Mais
Cineforo: Educación y Psicoanálisis – CAPITÁN FANTÁSTICO
X