FEPAL contra utilizar a palavra psicanálise para qualquer curso estandardizado

A Federação Psicanalítica da América Latina, FEPAL, apoia decididamente a declaração emitida pelo Movimento Articulação das Entidades Psicanalíticas Brasileiras, do qual a FEBRAPSI (Federação Brasileira de Psicanálise) é uma das instituições fundadoras, chamando a atenção em contra de utilizar a palavra psicanálise para qualquer curso ou licenciatura que não contenha os requisitos estabelecidos internacionalmente conveniados por centenas de organizações psicanalíticas de todos os continentes ao redor do mundo.

Pretender, como estabelece o manifesto promulgado pelo Movimento Articulação, que alguém possa apresentar-se como psicanalista por haver cursado um programa estandardizado de conceitos teóricos e técnicos, sem os aspectos individuais da análise pessoal e a supervisão de casos em distintas modalidades, entre outros aspectos, é desviar e desvalorizar o propósito de uma disciplina que vem evoluindo desde há mais de 100 anos no caminho de aperfeiçoar uma técnica específica para aliviar o sofrimento emocional humano.

Comissão Diretiva FEPAL

15 de fevereiro de 2022

Sociedad Iberoaméricana de Salud Mental en Internet

Código de Ética de SISMI

Federación Psicoanalítica de América Latina.
Está en conformidad con el Código de Ética de SISMI
Nº de Acreditación: 54079 | Fecha de Acreditación: 2 de Septiembre de 2011

SEDE PERMANENTE

LUIS B. CAVIA 2640 APTO. 603
MONTEVIDEO 11300, URUGUAY
INFO@FEPAL.ORG
TEL. / FAX: (598 2) 707 5026
WhatsApp: +598 92 19 19 99

Leia Mais
Paixão – Convite à escrita para Calibán
X