Carnaval

 O carnaval é uma festa comemorada em várias partes do mundo e o Projeto Cultura Ponte entre línguas pretende mostrar as reflexões dessa festividade em diversos pontos da América Latina colonizada. 

    O carnaval foi trazido ao Brasil pelos portugueses entre os séculos XVI e XVII. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa, que no Brasil  colônia era praticada pelos escravizados. Depois, surgiram os cordões e ranchos, as festas de salão, os corsos e as escolas de samba. Afoxés, frevo e maracatu também passaram a fazer parte da tradição carnavalesca brasileira. 

    A palavra carnaval é originária do latim, “carnis levale”, cujo significado é retirar a carne. O significado está relacionado com o jejum que deveria ser realizado durante a Quaresma, período que se inicia logo após a quarta-feira de cinzas, e também com o controle dos prazeres mundanos. 

    No Brasil o carnaval deriva da mistura das culturas africanas, indígenas e europeias.  Em cada região do país as festas carnavalescas possuem características próprias. Enquanto os cariocas desfilam suas fantasias em carros alegóricos ao som dos sambas enredos das escolas de samba, a Bahia pula atrás dos trens elétricos. No Recife e Olinda o agito é embalado pelo frevo, música alegre e movimentada que leva multidões a suas  ruas e ladeiras.

    O carnaval é uma das manifestações populares mais democráticas do  país, que permite a participação de todos os segmentos da sociedade. Através do uso de fantasias e das manifestações públicas populares, perde-se um pouco da individualidade  cotidiana das pessoas  e, dentro da alegria da música e da dança, se experimenta um certo sentido de unidade social, onde a tendência é deixar para trás as limitações da vida e se dedicar plenamente ao princípio do prazer.

    Na próxima semana falaremos do Carnaval em outros países da América Latina.

Sociedad Iberoaméricana de Salud Mental en Internet

Código de Ética de SISMI

Federación Psicoanalítica de América Latina.
Está en conformidad con el Código de Ética de SISMI
Nº de Acreditación: 54079 | Fecha de Acreditación: 2 de Septiembre de 2011

SEDE PERMANENTE

LUIS B. CAVIA 2640 APTO. 603
MONTEVIDEO 11300, URUGUAY
INFO@FEPAL.ORG
TEL. / FAX: (598 2) 707 5026
WhatsApp: +598 92 19 19 99

Leia Mais
Conheça a Biblioteca Virtual: BiViPsi
X