Bráulio Bessa

Nesta ocasião, compartilhamos um poema de BRÁULIO BESSA que nos incentiva e nos inspira a pensar e imaginar um mundo diferente, nestes tempos turbulentos e sensíveis que o mundo está vivendo. 

BRÁULIO BESSA, nascido no Ceará, estado do nordeste brasileiro, em 1985, poeta, cordelista, declamador e palestrante. Ficou famoso após postar vídeos na internet para resgatar a tradicional literatura de cordel. A literatura de Cordel é um gênero literário popular, escrito frequentemente de forma rimada, originada de relatos orais, depois impressos em folhetos, que se popularizou no Brasil nas regiões Norte e Nordeste, sendo hoje difundida em todo o território nacional. É publicada em pequenas brochuras impressas, com xilogravuras nas capas dos livretos ilustrando o conteúdo dos mesmos,  e o termo “cordel” vem do fato de serem apresentadas para a venda penduradas em cordas ou cordéis, nas praças públicas. Tornou-se uma forma significativa de expressão da cultura nordestina e brasileira, trazendo contribuições da cultura africana, indígena, europeia e árabe.

IMAGINE A PAZ

Um dia eu imaginei
um mundo sem armamentos,
sem brigas religiosas,
sem ataques violentos,
sem bombas, tiros e balas,
sem ninguém fazendo as malas
fugindo dos sofrimentos.

Um dia eu imaginei
um mundo sem terrorismo,
sem preconceito nenhum,
sem vingança, sem racismo,
sem a tal intolerância
munida pela ganância
e tanto individualismo.

Um dia eu imaginei
um mundo que não tem guerra,
que não se derrama sangue
por um pedaço de terra.
Sem grade, muro, barreira.
Às vezes numa poeira
a humanidade se enterra.

Um dia eu imaginei
um mundo sem ditadores,
um mundo sem julgamentos
desses falsos julgadores
que enchem nossos caminhos
com um monte de espinhos
e arrancam nossas flores.

Um dia eu imaginei
um jornal com a matéria:
O mundo hoje está livre
de toda fome e miséria
que as guerras têm causado
deixando o homem curado
dessa doença tão séria.

Nesse mundo, todo mundo
sabia se respeitar,
cada um com sua fé,
com seu jeito de pensar,
buscando fazer o bem
sem fazer mal a ninguém,
procurando melhorar.

Nesse mundo, todo mundo
podia se abraçar,
conhecer outras culturas,
ir pra longe e viajar,
apreciar a beleza
carregando a certeza
de que um dia pode voltar.

Nesse mundo, todo mundo
entendia o que era amar,
repartia cada pão,
fazia o bem sem cobrar,
convivendo em harmonia,
e sempre que alguém caía
tinha alguém pra levantar.

Nesse mundo, todo mundo
aprendeu a ajudar,
a olhar também pro outro
com a missão de cuidar
com amor e alegria,
e sempre que alguém sofria
tinha alguém pra confortar.

Parece até fantasia,
difícil de acreditar.
Há quem diga que é bobagem,
que é loucura imaginar.
Mas não perco a esperança,
é imaginando a mudança
que se começa a mudar!

Bráulio Bessa, Poesia que transforma. 

Sociedad Iberoaméricana de Salud Mental en Internet

Código de Ética de SISMI

Federación Psicoanalítica de América Latina.
Está en conformidad con el Código de Ética de SISMI
Nº de Acreditación: 54079 | Fecha de Acreditación: 2 de Septiembre de 2011

SEDE PERMANENTE

LUIS B. CAVIA 2640 APTO. 603
MONTEVIDEO 11300, URUGUAY
INFO@FEPAL.ORG
TEL. / FAX: (598 2) 707 5026
WhatsApp: +598 92 19 19 99

Leia Mais
Convidamos para o 34° Congresso Latino-americano de Psicanálise 2022
X